domingo, 11 de novembro de 2018

POLÊMICA: 7+8x0-2 = ??? - Teste a sua Matemática - 95% das pessoas erram!


Está comprovado que muita gente sai do ensino médio sem se quer saber operações super fáceis de matemática, e isso é realmente algo preocupante pois algumas dessas operações são ensinadas no primário.

Teste sua Matemática:
7 + 8 x 0 -2 =?
A) 13
B) 5
C) -2

Hoje vamos testar a sua inteligência e também sua capacidade, e esperamos de verdade que você consiga resolver antes de ver a resposta, pois assim irá provar de que você não está nos 95% de pessoas quem erram a operação acima.

Comente o resultado, assim que concluir.

Veja a resposta abaixo:
LETRA B) 5

sábado, 10 de novembro de 2018

UNIFESP abre inscrições para Graduação gratuita a distância


A Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)  tem inscrições abertas para o curso superior gratuito de Tecnologia em Design Educacional, em sua modalidade a distância.

Poderão concorrer às vagas oferecidas, somente os candidatos portadores de certificado de conclusão do Ensino Médio, ou equivalente, e aqueles que comprovarem conclusão do Ensino Médio na data da matrícula, ou portadores de diploma de curso superior registrado, reconhecido ou revalidado.

O Designer Educacional atua em espaços educativos propondo metodologias e tecnologias que viabilizam e potencializam os processos de ensino e de aprendizagem. Ela já é considerada uma das carreiras do futuro, principalmente devido ao crescimento dos cursos EAD. Isso faz com que esse profissional seja cada vez mais requisitado.

A média salarial do Profissional dessa área é de R$ 4.092/mensal.

A inscrição deverá ser feita exclusivamente pela Internet, até às 17h00 de 20 de novembro de 2018, através dos sites: https://www.vunesp.com.br/UFSP1803 e www.unifesp.br/reitoria/vestibular.

A duração do curso superior de Tecnologia em Design Educacional, em sua modalidade a distância, é de 5 semestres.

Segundo Paula, coordenadora da UNIFESP, a profissão começou a ganhar força no Brasil devido a um maior acesso as novas tecnologias e ao crescimento dos cursos de EAD no país, o que gerou a necessidade de se pensar novos modelos de educação.

A formação proposta pela Unifesp visa torná-lo apto para planejar, coordenar, implementar e avaliar projetos educacionais on-line, presenciais ou híbridos.

sexta-feira, 2 de novembro de 2018

Professora é agredida após chamar atenção de estudante na aula

Professora diz ter sido agredida por aluna após chamar atenção em sala de aula em Ribeirão Preto — Foto: Reprodução/EPTV


Uma professora foi agredida na noite de quarta-feira  na Escola Estadual Dr. Thomaz Alberto Whately, em Ribeirão Preto (SP), depois de chamar a atenção de um aluno.

O jovem apontado pelas agressões é um estudante de 17 anos que, segundo ela, tinha sido advertido sobre o desinteresse pela aula quando ela se recusou a dar um visto em seu caderno de atividades.

A docente, que prefere não ser identificada, afirma que chegou a desmaiar após levar um chute na perna e um soco no rosto.

Segundo a Diretoria Regional de Ensino, o aluno e a professora foram levados à delegacia, onde foi registrada a ocorrência. A entidade repudiou o ato de violência e informou que medidas disciplinares contra o estudante estão sendo avaliadas.

A vítima conta que as aulas do período noturno na escola localizada nos Campos Elíseos estavam próximas do fim quando o aluno pediu para ela dar um visto em seu caderno.

"Foi um aluno que durante a aula inteira eu vim chamando atenção. Ele estava atrapalhando o rendimento da aula, não produziu nada e eu falei que não ia vistar o caderno dele", conta.
Em seguida, relata que o jovem se irritou e que foi xingada por ele. "Pedi para que ele se encaminhasse até a direção da escola pelo desacato, ele saiu batendo a porta da sala."


A professora afirma que saiu da sala atrás do aluno pelo corredor, momento em que ele a desafiou, segundo ela. "Chegando próximo à sala dos professores, eu estava atrás dele, ele estava na minha frente esse aluno voltou-se contra mim, veio me peitando."

Um inspetor de alunos viu a situação e tentou intervir, mas não conseguiu evitar que o aluno agredisse a professora, conta a docente.

"Num momento de reação, empurrei ele pra se afastar de mim, o inspetor de alunos já veio pra separar que viu que algo pior poderia acontecer, mas não deu tempo, o aluno veio já com primeiro ele me deu um chute na perna e depois um soco no rosto. Nisso eu vim a cair no chão já desacordada", lembra.

Na tarde desta quinta-feira (1º), a professora fez exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML). A sensação depois de ter sofrido a agressão é de impotência, afirma.

"Nunca tinha passado por essa agressão física, a gente sabe que isso é muito comum, a gente vê entrevistas, vê notícias, na escola que dou aula já aconteceu algumas vezes, mas agressão verbal."

domingo, 28 de outubro de 2018

Concurso SEE/SP PEB II: Atualizações, Requisitos, Provas C/ Gabarito e Apostilas


A Secretaria Estadual de Educação de São Paulo tem confirmado esse ano todas as suas previsões de concursos com a realização do concurso para Agente Escolar e as autorizações de novos concursos dentro do previsto. Mas como todos sabem os concursos mais aguardados são os para Professores. E a previsão do Governo de São Paulo é preencher 27.500 vagas em 2019.

São 15 mil vagas efetivas já estão confirmadas e autorizadas para realização de Concurso Público, enquanto que 12.500 para contratações temporárias, no decorrer do ano, que provavelmente ocorrerão através de Processos Seletivos.

Última Atualização do DO
Já saiu no Diário Oficial do Estado de São Paulo a autorização para realização de novo Concurso Público pela Secretaria de Educação do Estado de São Paulo para 15 mil vagas de professor de educação básica II (PEB II). Para ler a publicação do DO Clique AQUI.

O gestor da pasta frisou que o concurso SEE SP 2018 deve ser tratado de maneira urgente, uma vez que aposentadorias estão previstas. “Agora nós teremos um agravante pelo número de pedidos de aposentadoria por conta da reforma da Previdência”. O professor de Educação Básica II é responsável por lecionar nos últimos anos do ensino básico.

Entenda a diferença entre PEB I e PEB II para SEE:
☑️PEB I: São profissionais com Normal superior com habilitação em Magistério das séries iniciais do ensino fundamental; licenciatura em Pedagogia com habilitação em Magistério das séries iniciais do ensino fundamental; ou Programa Especial de Formação Pedagógica Superior, qualquer que seja a nomenclatura do curso, com habilitação em Magistério das séries iniciais do ensino fundamental.
✅PEB II: São Profissionais com formação superior em licenciatura específica na área de atuação/disciplina, voltados à área educacional: Física, Química, Biologia, Matemática, História, Geografia, Filosofia, Sociologia, Letras (Inglês ou Espanhol), Ciências Físicas e Biológicas, Artes, Educação Física e Pedagogia (Educação Especial).
Requisitos:
O cargo de Professor de Educação Básica II (PEB II) tem como exigência a formação de nível superior em licenciatura específica na área de atuação/disciplina. A remuneração inicial prevista para a carreira é de de R$ 1.938,75 cumprindo jornada de 30h semanais. No plano de carreira, o vencimento chega a R$ 3.889,94 para profissional veterano.

O candidato aprovado no Concurso de que tratam estas Instruções Especiais será investido no cargo se atender às seguintes exigências, na data da posse: a) ser brasileiro nato, naturalizado; b) ter idade mínima de 18 (dezoito) anos completos, até a data do encerramento das inscrições; c) estar em situação regular com a Justiça Eleitoral; d) estar em dia com as obrigações do Serviço Militar, se do sexo masculino. Essa condição deverá ser comprovada por candidato com idade inferior a 46 anos; e) não registrar antecedentes criminais, achando-se em pleno exercício de seus direitos civis e políticos; f) possuir os documentos comprobatórios de escolaridade constantes no Capítulo II destas Instruções Especiais; g) ter aptidão para o exercício das atribuições do cargo, comprovada por avaliação médica realizada em conformidade com normas emitidas pela Secretaria da Educação, em conjunto com o Departamento Médico do Estado – Decreto 58.032, de 10 de maio de 2012; h) não ter sido demitido ou dispensado do serviço público federal, estadual ou municipal em consequência de processo administrativo (por justa causa ou a bem do serviço público), observados os prazos definidos em legislação específica.
Provas com Gabaritos
PEB I
1- prova002.pdf
gabaritos.pdf
2- prova-6407-tipo-001.pdf
gabaritos.pdf


PEB II 
1- pebii-prova-conhecimentospedagogicos-tipo-01.pdf
2-nsce10-000-lingua-portuguesa-tipo-01.pdf 

3-nsce03-001-ciencias-fisicas-e-biologicas-tipo-01.pdf
4- nsce01-001-artes-tipo-01.pdf
5- nsce12-000-matematica-tipo-01.pdf
6-nsce08-000-historia-tipo-01.pdf
7-nsce02-000-biologia-tipo-01.pdf
8- nsce06-000-fisica-tipo-01.pdf
9- nsce07-000-geografia-tipo-01.pdf
10- nsce09-000-lingua-inglesa-tipo-01.pdf
11-nsce13-000-quimica-tipo-01.pdf
12nsce05-000-filosofia-tipo-01.pdf
13- nsce14-000-sociologia-tipo-01.pdf
Gabarito - pebsp13-gabarito-definitivo-todos.pdf
APOSTILAS PREPARATÓRIAS
Muitos esperam a publicação do edital para começar os estudos, mas especialistas em concursos concorridos sempre deixam claro que isso é um grande erro, pois o tempo entre a publicação do edital e a Prova é de pouco menos de 2 meses. Uma boa preparação exige tempo e dedicação aos estudos, por isso muitos concorrentes já estão estudando. Segue as únicas apostilas  disponíveis com o conteúdo para começar os estudos AQUI



quarta-feira, 24 de outubro de 2018

Processo Seletivo: Professores de Educação Básica. Salário de R$ 2.031,94


A Prefeitura Municipal de Franco da Rocha, anunciou um novo edital para realização de Processo Seletivo para Professores de Educação Básica, para atuarem em carga horária de até 32h semanais, fazendo jus ao salário base de R$ 2.031,94.

Os cargos são para Professor de Educação Básica - PEB, nas funções de:
Educação Infantil (0 a 5 anos),
Ensino Fundamental (1º ao 5º ano)
e Educação de Jovens e Adultos - Alfabetização; Arte; Ciências; Educação Física; Geografia; História; Inglês; Matemática e Língua Portuguesa.


As inscrições deverão ser efetuadas exclusivamente pela internet através do endereço eletrônico
www.igdrh.org.br até o dia 8 de novembro de 2018.

O valor de taxa de inscrição é de R$ 65,00.

A prova está prevista para o dia 2 de dezembro de 2018, e será composta em Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico, Legislação Educacional e Conhecimentos Específicos/ Pedagógicos. Acesse o Edital AQUI

O presente Processo Seletivo Público terá validade de 01 (um) ano, a contar da data de homologação.



segunda-feira, 22 de outubro de 2018

BNCC: Entenda como deve ser a transição da Educação Infantil para o Ensino Fundamental


A Base Nacional Comum Curricular (BNCC) é considerada fundamental para reduzir desigualdades na educação no Brasil e países desenvolvidos já organizam o ensino por meio de bases nacionais. E ela também estabelece como deve ser a transição entre essas duas etapas da Educação Básica.

De acordo com a BNCC essa transição requer muita atenção, para que haja equilíbrio entre as mudanças introduzidas, garantindo integração e continuidade dos processos de aprendizagens das crianças, respeitando suas singularidades e as diferentes relações que elas estabelecem com os conhecimentos, assim como a natureza das mediações de cada etapa.

Torna-se necessário estabelecer estratégias de acolhimento e adaptação tanto para as crianças quanto para os docentes, de modo que a nova etapa se construa com base no que a criança sabe e é capaz de fazer, em uma perspectiva de continuidade de seu percurso educativo.

Para isso, as informações contidas em relatórios, portfólios ou outros registros que evidenciem os processos vivenciados pelas crianças ao longo de sua trajetória na Educação Infantil podem contribuir para a compreensão da história de vida escolar de cada aluno do Ensino Fundamental.

Conversas ou visitas e troca de materiais entre os professores das escolas de Educação Infantil e de Ensino Fundamental – Anos Iniciais também são importantes para facilitar a inserção das crianças nessa nova etapa da vida escolar.

Além disso, para que as crianças superem com sucesso os desafios da transição, é indispensável um equilíbrio entre as mudanças introduzidas, a continuidade das aprendizagens e o acolhimento afetivo, de modo que a nova etapa se construa com base no que os educandos sabem e são capazes de fazer, evitando a fragmentação e a descontinuidade do trabalho pedagógico.

Nessa direção, considerando os direitos e os objetivos de aprendizagem e desenvolvimento, apresenta-se a síntese das aprendizagens esperadas em cada campo de experiências. Veja alguns objetivos importantes:

SÍNTESE DAS APRENDIZAGENS

Respeitar e expressar sentimentos e emoções. Atuar em grupo e demonstrar interesse em construir novas elações, respeitando a diversidade e solidarizando-se com os outros.
Apresentar autonomia nas práticas de higiene, alimentação, vestir-se e no cuidado com seu bem-estar, valorizando o próprio corpo.
Discriminar os diferentes tipos de sons e ritmos e interagir com a música, percebendo-a como forma de expressão individual e coletiva.
Relacionar-se com o outro empregando gestos, palavras, brincadeiras, jogos, imitações, observações e expressão corporal.
Argumentar e relatar fatos oralmente, em sequência temporal e causal, organizando e adequando sua fala ao contexto em que é produzida.
Compreender, Ouvir, contar, recontar e criar narrativas.
Conhecer diferentes gêneros e portadores textuais, demonstrando compreensão da função social da escrita e reconhecendo a leitura como fonte de prazer e informação.
Utilizar vocabulário relativo às noções de grandeza (maior, menor, igual etc.), espaço (dentro e fora) e medidas (comprido, curto, grosso, fino) como meio de comunicação de suas experiências.
Identificar e registrar quantidades por meio de diferentes formas de representação (contagens, desenhos, símbolos, escrita de números, organização de gráficos básicos etc.).
Utilizar unidades de medida (dia e noite; dias, semanas, meses e ano) e noções de tempo (presente, passado e futuro; antes, agora e depois), para responder a necessidades e questões do cotidiano.

Essa síntese deve ser compreendida como elemento balizador e indicativo de objetivos a ser explorados em todo o segmento da Educação Infantil, e que serão ampliados e aprofundados no Ensino Fundamental, e não como condição ou pré-requisito para o acesso ao Ensino Fundamental.




domingo, 21 de outubro de 2018

Seleção para Professores (Formação em Pedagogia). Salário de até R$ 2.660



Seleção para Professores

Cargo: Professor(a) Polivalente para séries iniciais do 2º ao 5º ano.
Pré-requisitos: Formação mínima: superior completo em Pedagogia;
Local: São Paulo - SP
Data Final: 10/11/2018
Salários: De R$ 1.900 a R$ 2.660.
Descrição: Experiência comprovada como professor(a) dos anos iniciais do 2º ao 5º ano; Conhecimento de recursos de tecnologia aplicada à educação e boa proficiência digital.
Benefícios
Vale-transporte
Refeitório
Assistência médica
Seguro de vida
Participação nos Lucros ou Resultados
Programa de treinamentos

Os interessados devem se inscrever pelo site www.vagas.com.br/vagas/v1780486






CURTA NOSSA PÁGINA !!!


Mais Lidas