sexta-feira, 16 de março de 2018

Processo Seletivo para Pedagogo com salário de R$ 2.888,58


Associação Educacional e Beneficente Vale da Benção, Perus em São Paulo - SP, busca pedagogo para atuar como técnico social no SASF/Perus. Horário: 08h às 17h, segunda à sexta e excepcionalmente aos sábados em eventos previamente agendados. Salário: R$ 2.888,58.

Perfil: Superior completo em Pedagogia, Experiência de 06 meses em Programas ou Projetos Sociais, prioritariamente, no âmbito da Política de Assistência Social. Habilidades: iniciativa, empatia, relacionamento interpessoal, trabalho em equipe, comunicação, agilidade, flexibilidade, análise crítica, autoconfiança, intuição, compreensão. Competências: planejamento, organização, adaptabilidade, coerência, flexibilidade, transferir conhecimento, relacionamento interpessoal, criatividade, iniciativa, adaptabilidade.

Principais Atribuições: Participar com o gerente, na elaboração do planejamento semestral e mensal, levando em conta a legislação vigente e as necessidades dos usuários do serviço; Elaborar o cronograma de atividades semanais; Divulgar na comunidade o funcionamento do serviço como equipamento público da política de assistência social, em conjunto com a equipe e em apoio ao CRAS Perus; Executar ações junto às famílias e registrar as informações colhidas em instrumentais apropriados ao serviço; Manter e desenvolver articulação com CRAS Perus, CREAS Perus e demais serviços da rede socioassistencial, visando à qualificação dos encaminhamentos dos usuários; Realizar acolhida, atendimento individual e grupal, orientações e encaminhamentos a serviços da rede socioassistencial e demais políticas públicas, inclusive para obtenção de documentos, quando necessário; Realizar visitas domiciliares para identificar e acompanhar as necessidades de orientação pessoal e familiar; Realizar avaliações sistemáticas das famílias, conforme metodologia de monitoramento e indicadores estabelecidos; Identificar e encaminhar ao CRAS-Perus as demandas de famílias e indivíduos para o acesso a cadastramento em programas de transferência de renda, outros benefícios socioassistenciais e inserção na rede de proteção social; Coordenar e acompanhar as atividades dos orientadores socioeducativos, estabelecendo dinâmica de trabalho e troca de informações sobre procedimentos, programas, projetos, serviços e benefícios governamentais e não governamentais do território; Acompanhar as famílias com idosos ou pessoas com deficiência, em situação de agravo, que necessitem proteção social básica no domicílio, tendo como estratégia a elaboração do Plano de Desenvolvimento do Usuário (PDU).

Os interessados podem enviar currículo para o e-mail processoseletivoaebvbsp@gmail.com até o dia 31 de Março de 2018.


0 comentários:

Postar um comentário

CURTA NOSSA PÁGINA !!!


Mais Lidas