Pular para o conteúdo principal

Ainda é grande o número de professores sem diploma na educação infantil.


No Brasil, a sociedade tende a menosprezar o educador que trabalha na etapa inicial de ensino. Muitos ainda acreditam que é apenas "brincar" com crianças na escola.

A educação infantil vai muito além do “só brincar”. É uma fase essencial para o desenvolvimento. Exatamente por isso, o profissional que conduzirá a turma deve ter preparo suficiente para lidar com uma tarefa de tamanha responsabilidade.

Apesar disso, no Brasil, segundo dados do Censo Escolar, 35,6% dos professores que atuam em creches estudaram só até o ensino fundamental ou ensino médio. Dentre aqueles que concluíram cursos universitários, apenas 89 fizeram doutorado, com maior concentração na região Sudeste (56 docentes). No Nordeste, apenas 6 alcançaram esse nível acadêmico.

Nos demais anos da educação infantil, a porcentagem é semelhante: 33% dos professores não têm curso superior. Do total de 313.669 docentes dessa etapa de ensino, apenas 132 têm doutorado – estando mais de metade deles (54%) no Sudeste.


Para o Aldeir Rocha, gestor de serviços educacionais da Edições SM, o professor que atua na educação infantil e que não recebeu formação adequada não terá, em geral, as ferramentas necessárias para desenvolver os objetivos da escola nessa etapa de ensino. “As aulas ficam restritas à espontaneidade. Precisamos de pessoas capacitadas para que as crianças se desenvolvam da forma adequada”, diz.

Ele cita alguns desafios que os professores enfrentam na educação infantil – e que requerem a formação em pedagogia:

1- Saber colocar intencionalidade educativa nas brincadeiras e no convívio entre todos, para que mais habilidades sejam desenvolvidas;
2 - Conhecer os objetivos da etapa de ensino e conseguir organizar o processo escolar para dar conta de todos esses eixos. O professor lembra que, pela primeira vez, com a Base Nacional Comum Curricular, teremos um documento que especifique, em detalhes, as metas da educação infantil;
3- Conseguir elaborar atividades adequadas à idade de cada criança e aos objetivos de aprendizagem a serem atingidos;
4 - Fazer uma observação sistemática de cada criança, para monitorar o desenvolvimento dela;
5 - Registrar a trajetória de cada aluno e refletir sobre os efeitos das práticas de ensino;
6 - Saber rever o próprio trabalho e, quando necessário, mudar a estratégia pedagógica.

Somente em 2009, com a aprovação da Emenda Constitucional nº 59, é que a Lei de Diretrizes e Bases da Educação passou a tornar obrigatória a matrícula de crianças de 4 a 5 anos. As mudanças começaram a ser sentidas na prática em 2016, prazo final para que os estados e municípios se adaptassem à nova norma.

A conselheira vitalícia da Associação Brasileira de Psicopedagogia, Irene Maluf, afirma que as políticas públicas devem se preocupar com a formação de quem irá recebê-las.

“Se houvesse esse cuidado, teríamos alunos mais preparados futuramente. O investimento na primeira infância é saúde mental, saúde social. É garantir geração capaz e autônoma, que pode levar o país para frente”, afirma.

“Em alguns países europeus, o professor de pré-escola precisa ter graduação e experiência por muitos anos antes de assumir uma turma. Na Alemanha e na Finlândia, todos têm uma fundamentação teórica enorme na pedagogia para poder começar a trabalhar com as crianças. Isso porque o que é feito na infância não dá para remendar depois, nem substituir”, diz Irene.


Comentários

MAIS VISTAS

Professor é morto por aluno dentro de escola.

Um coordenador de ensino do colégio Estadual Machado de Assis, em Águas Lindas de Goiás, morreu após ser esfaqueado por um aluno de 19 anos, que cursa o 9º ano do ensino fundamental.


O crime ocorreu por volta de 12h30, na saída do colégio. Bruno Pires foi levado para o Hospital Bom Jesus, em Águas Lindas, e transferido para o Hospital Regional de Ceilândia, no Distrito Federal. 

Porém, ao chegar na unidade, não resistiu aos ferimentos e morreu.

Os professores não sabem o que pode ter motivado a agressão. Segundo a Polícia Civil, a faca utilizada no crime foi deixada no pátio do colégio e já foi apreendida. 

O estudante está foragido. Bruno Pires de Oliveira tinha 41 anos de idade. O principal suspeito do crime é o estudante Anderson da Silva Leite Monteiro, de 19 anos. 
Segundo informações dos alunos, o estudante não teria gostado de ter sido retirado de um grupo do colégio que fazia atividades extraclasses, por ter tirado notas baixas.

Veja mais emhttps://noticias.uol.com.br/cotidiano/ulti…

Inscrições do Processo de Atribuição de Aulas para 2020

Segue abaixo as informações sobre as inscrições do Processo de Atribuição de Aulas para 2020, que foram publicadas no Diário Oficial do Estado:

A Portaria CGRH-04, de 2 de setembro de 2019, que dispõe  sobre as inscrições do Processo Anual de Atribuição de Classes e Aulas para o ano letivo de 2020, está veiculada no Diário Oficial do Estado de 3 de setembro de 2019, nas páginas 32 e 33 da Seção I.

A  Coordenadora  da  Coordenadoria  de  Gestão  de  Recursos  Humanos,  considerando  a  necessidade  de  estabelecer  datas,  prazos e diretrizes para as inscrições no Processo Anual de atribuição de Classes e Aulas de 2020, expede a presente Portaria:

Artigo  1º  -  A  participação  do  docente  no  processo  de  atribuição  de  classes  e  aulas  para  o  ano  de  2020,  incluindo  os  pertencentes à etnia indígena, obedecida à legislação pertinente, estará condicionada à sua inscrição, em que poderá ser solicitado qualquer acerto dentro dos prazos fixados nesta Portaria, que o docente co…

Governo do PR abre Processo Seletivo para Professores. Salário de R$ 37,36

ASecretaria da Educação e do Esporte - SEED, do estado do Paraná, anuncia Processo Seletivo, que contará com Análise de Títulos, destinado á admissão de profissionais que tenham Ensino Superior nas áreas exigidas.

Há oportunidades para os cargos de: 
Professor Pedagogo;
Professor da Educação Profissional;
e Tradutor e Interprete de Língua Brasileira de Sinais - TILS.

O valor da bolsa-auxílio ofertada será de acordo com a quantidade de hora/ relógio, sendo que cada 60 minutos equivale a R$ 37,36.

As inscrições serão realizadas a partir das 09h do dia 20 até às 17h do dia 23 de setembro de 2019, exclusivamente via internet, no endereço eletrônico www.pss.pr.gov.br.

Acesse o Edital AQUI

Este Processo Seletivo terá validade até 31 de dezembro de 2020.

CONCURSO PÚBLICO

A Secretaria de Estado de Educação do Paraná  - SEED PR, confirmou novo concurso para o órgão. Segundo o anunciado pelo Governador Carlos Massa Ratinho Júnior serão 1.000 vagas para professor.

O próximo concurso deverá ser lançado em b…

Prefeitura de São Paulo tem inscrições abertas para Processo Seletivo

A Prefeitura de São Paulo, através da São Paulo Transportadora S.A - SPTrans, junto ao Centro de Integração Empresa Escola - CIEE, torna público Processo Seletivo para diversas vagas destinado à contratação de novos Estagiários de nível Médio; Técnico e Superior.


O valor da bolsa-auxílio ofertada varia de até R$ 802,56, de acordo com a escolaridade, mais auxílio-transporte e vale-refeição no valor de R$ 22,46 por dia estagiado. 

A carga horária a ser cumprida é de seis horas diárias.

Interessados poderão se inscrever até o dia 15 de setembro de 2019, exclusivamente via internet, no endereço eletrônico www.ciee.org.br.

Como método de seleção, será realizada Prova Objetiva, com data prevista de realização para o dia 06 de outubro de 2019.

Acesse o Edital AQUI


Benefícios:
O valor do Auxílio transporte corresponderá a R$ 4,30 por dia estagiado;

O valor de Vale refeição diário corresponderá a R$ 22,46 por dia estagiado.

Este Processo Seletivo terá validade de seis meses, contados da homologação do …