Pular para o conteúdo principal

Governo de SP vai reduzir de 200 dias para 40 dias o afastamento obrigatório de professores temporários.




A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo reduzirá em mais de quatro vezes – de 180 para 40 dias – o prazo para que professores temporários – categoria O – tenham um novo ciclo de contratação na rede estadual de ensino.

Atualmente, após um ciclo de aulas em escola estadual (por três anos letivos, por exemplo), o professor precisa aguardar 180 dias para ser contratado novamente com o Estado. Isso porque seu trabalho é de caráter temporário – e isso exige espaço de tempo entre um ciclo de trabalho e outro.

Hoje são cerca de 27 mil professores nesta situação – e que agora serão beneficiados pela medida do Governo do Estado. O projeto de Lei também prevê que os concursos públicos para ingresso no quadro do magistério sejam mais céleres. A mudança minimiza o impacto da ausência de professores em decorrência de problemas de saúde, licenças ou mesmo por aposentadoria nas salas de aula e garante mais facilidade de gestão às escolas.

O projeto de Lei foi construído a partir da escuta direta de mais de 400 professores que teriam o seu contrato rescindido ao término deste ano letivo.


Com o objetivo de não criar  vínculo empregatício, os professores temporários tem seus contratos encerrados. Isso acontece ao final de três anos de contrato de trabalho, para cumprir o período chamado duzentena, em que ficam 180 dias fora das salas de aula do Estado. Para a Apeoesp (Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo) essa regra da duzentena é uma exigência muito perversa e que precariza a educação.

Para o Governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), a aprovação dessa lei vai ser muito importante para o próximo ano letivo, pois apenas os professores concursados não dariam conta em atender toda a rede estadual.
Concurso
O Governo do Estado tem investido fortemente na contratação de professores concursados. Desde 2013 nomeou mais de 50 mil docentes, quantidade jamais vista no Estado.

O concurso foi o maior do magistério paulista. Na época, registrou recorde com 322,7 mil inscrições.




Comentários

MAIS VISTAS

Governo anuncia Comitê de Retorno às Aulas no Paraná

A Secretaria de Estado da Educação (Seed) anunciou a criação do Comitê de Planejamento de Retorno às Aulas pós-Pandemia. A intenção é discutir, entre todos os envolvidos, um plano único e robusto de retorno das aulas presenciais em todo Paraná. É deste Comitê que sairá a data definitiva de retomada das atividades presenciais.O comitê terá dois grandes objetivos. O primeiro deles é estabelecer um plano robusto e unificado de retorno das aulas presenciais em todo o Paraná. O segundo objetivo é que o Comitê seja o canal oficial e confiável de informações sobre este retorno.
Farão parte do comitê representantes de todos os setores envolvidos na Educação do Paraná e representantes da Secretaria da Saúde do Paraná.
“Queremos trazer segurança para as famílias paranaenses e isso se faz com planejamento sério e informação”, destacou. “Este é o momento crítico da doença. Estamos acompanhando de perto o trabalho feito pela Secretaria da Saúde e só voltaremos quando pudermos garantir a segurança de…

Ensino médio da Bahia fica em último lugar em avaliação do MEC

Oensino médio da Bahia ficou em último lugar, no país, no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) referente ao ano passado, segundo informações divulgadas nesta segunda-feira (3) pelo Ministério da Educação (MEC). Assista a reportagem completa com todos os dados no vídeo abaixo:

Bahia tem segundo pior resultado do país em avaliação do MEC
O Ideb é uma iniciativa do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) para mensurar o desempenho do sistema educacional brasileiro, a partir da combinação entre a proficiência obtida pelos estudantes em avaliações externas de larga escala (Saeb) e a taxa de aprovação - indicador que tem influência na eficiência do fluxo escolar.

De acordo com os dados, a Bahia ficou com 3,0 pontos no ensino médio - 1,3 abaixo da meta para o ano, que era de 4,3. Além disso, a nota foi um décimo menor que a do último levantamento, feito em 2015, quando o estado ficou com 3,1 pontos.

Os motivos apontados pelo estudo do MEC par…

Estágio Caixa 2021 tem pré-inscrição aberta para vários níveis. Bolsa Auxilio até R$1.000 + benefício

A Caixa Econômica Federal (CEF) deu início ao prazo de pré-inscrição para o Programa de Estágio Caixa 2021. As oportunidades são para alunos do ensino médio, técnico e superior.
Trata-se de um processo seletivo simplificado, com validade nacional. Em parceria com o Centro de Integração Empresa Escola (CIEE), as vagas são para diversos municípios distribuídos em todo o Brasil.
Quem pode concorrer a uma das vagas do Estágio Caixa 2020? É permitido a participação do candidato se atendidas as seguintes atribuições:
Nível Médio/Técnico
Estudantes de cursos técnicos em Administração; Estudantes de nível técnico e integrados ao ensino médio nas áreas de Administração, Secretariado e Finanças que estejam cursando entre o 1º e o penúltimo semestre do curso; Estudantes de nível médio regular que estejam cursando do 1º ao 2º do ensino médio ou o programa de Edução de Jovens e Adultos (EJA) que estejam curando do 1º ao 3º ano; De acordo com o edital, entende-se por nível médio os cursos técnicos integra…

Seleção Aberta na área de Pedagogia. Salário de R$ 4.500,00 + benefícios

Organização procura Coordenador Pedagógico para atuar em Pinheiros na zona oeste de São Paulo.

Este profissional irá participar da elaboração, implementação de projetos; aplicar metodologias e técnicas para facilitar o processo de ensino e aprendizagem implementar, avaliar, coordenar o desenvolvimento de projetos pedagógicos/institucionais nas modalidades de ensino presencial e/ou a distância.

Também ficará responsável por avaliar atividades ofertadas e as metodologias de ensino utilizados; acompanhar o processo de aprendizagem dos atendidos; e garantir que os objetivos educacionais sejam alcançados.

Necessário ter curso superior na área de Educação; desejável experiência no terceiro setor; demonstrar criatividade, proatividade, flexibilidade, capacidade de comunicação verbal e escrita, trabalhar em equipe, administrar conflitos e comunicação verbal de escrita.

Benefícios: VT, convenio medico, convenio odontológico, seguro de vida, refeitório no local.
Salário: R$ 4.500,00.

Local: Pinheiros…