quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

Estudantes são retirados da Câmara após protesto contra projeto Escola Sem Partido



Um grupo de estudantes foi retirado à força da Câmara Municipal de São Paulo, na tarde desta terça-feira, após realizar um protesto contra o Projeto de Lei Escola Sem Partido durante a sessão plenária.

Houve tumulto e, durante a confusão, os manifestantes foram agredidos por agentes da Guarda Civil Metropolitana (GCM). Quatro pessoas foram detidas e levadas para o 1° Distrito Policial, na Sé. Um cinegrafista da TV Globo também foi agredido e impedido de filmar.

Os quatro estudantes detidos, três homens e uma mulher, foram acusados de desacato, resistência e dano ao patrimônio. Eles foram liberados por volta das 22h, segundo informações do Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana do Estado de São Paulo (Condepe). O grupo também registrou ocorrência contra os guardas civis por lesão corporal.

O PL da Escola Sem Partido recebeu parecer favorável da Comissão de Finanças da Câmara Municipal de São Paulo.


0 comentários:

Postar um comentário

CURTA NOSSA PÁGINA !!!


Mais Lidas