Pular para o conteúdo principal

Governo propõe idade mínima de 60 anos para aposentadoria de professores


A proposta de reforma da Previdência apresentada essa semana pelo governo Jair Bolsonaro quer fixar em 60 anos a idade mínima para professores se aposentarem. Atualmente, as regras previdenciárias não preveem idade mínima para a aposentadoria da categoria.

A proposta também pretende unificar em 30 anos o tempo de contribuição necessário para a aposentadoria de professores e professoras. Até o momento, o tempo de contribuição previsto em lei para os docentes é de 25 anos para mulheres e de 30 anos para homens.

Em entrevista na qual técnicos do governo explicaram nesta quarta-feira a Proposta de Emenda Constitucional (PEC), o secretário de Previdência do Ministério da Economia, Leonardo Rolin, defendeu que a aposentadoria de categorias especiais não deve diferenciar a questão de gênero.

"A aposentadoria tem regras especiais por conta da atividade em si, e não por conta do gênero. Vários países têm regras especiais para professores, o Brasil não é o único, mas é o único que trata professores e professoras de forma diferente”, enfatizou o secretário.

Aposentadoria de professores

Regra atual

Idade mínima: não há
Tempo de contribuição: 25 anos para mulheres e 30 anos para homens

Regra proposta

Idade mínima: 60 anos para homens e mulheres
Tempo de contribuição: 30 anos para homens e mulheres


Tempo de contribuição

Ainda de acordo com Leonardo Rolin, se a proposta de reforma da Previdência for aprovada, o professor que atingir a idade mínima para se aposentar pelo regime geral – que passará a ser de 62 anos para mulheres e 65 para homens – poderá se aposentar com menos de 30 anos de contribuição. O tempo mínimo de contribuição no regime geral é de 20 anos.

“Ele [professor] pode optar por se aposentar pelas regras do regime geral [com tempo de contribuição de 20 anos], mas aí precisa atingir a idade mínima necessária [62 anos para mulheres e 65 anos para homens]", explicou o secretário de Previdência.

Professores da rede pública

A proposta de reforma da Previdência apresentada pelo governo Bolsonaro também quer alterar as regras de aposentadoria para os professores da rede pública de ensino.

O texto prevê que, além de alcançar idade mínima de 60 anos, para se aposentar os docentes terão que ter 30 anos de contribuição e 10 anos de atuação no serviço público. Também será necessário 5 anos no cargo efetivo.

A regra atual para professores da rede pública de ensino prevê idade mínima de 50 anos para mulheres e 55 anos para homens, com 10 anos de serviço público e 5 anos no cargo efetivo.


Comentários

  1. Ué. Que eu saiba atualmente existe sim idade mínima pra aposentar um professor. Mulheres, 50 e homens 55...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

MAIS VISTAS

Estado abre processo seletivo com mais de 1.600 vagas de níveis médio/técnico e superior

A SES/PE - Secretaria de Saúde do Estado de Pernambuco inscreve no início de junho para o processo seletivo simplificado que visa contratar 1.657 candidatos de níveis médio/ técnico e superior para atender temporariamente a emergência em saúde pública. 
As vagas são para:
Técnico de Enfermagem Plantonista, Técnico de Laboratório Plantonista e Diarista, Técnico de Radiologia Plantonista e Técnico em Farmácia Plantonista. 
Assistente Social Plantonista, Biomédico Plantonista, Enfermeiros (Assistencial Plantonista, Uteísta Plantonista, Obstetra Plantonista, Regulador Plantonista), Farmacêutico Plantonista, Farmacêutico/Bioquímico Diarista, Fisioterapeuta Respiratório Plantonista, Fisioterapeuta em Terapia Intensiva Plantonista, Nutricionista Plantonista.
Médicos (Intensivista Adulto Plantonista, Intensivista Pediátrico Plantonista, Pediatra Plantonista, Tocoginecologista Plantonista).
Os salários variam entre R$ 1.045,00 e R$ 9.886,16, dependendo do cargo.
Inscrição As inscrições na seleção dev…

Ensino médio da Bahia fica em último lugar em avaliação do MEC

Oensino médio da Bahia ficou em último lugar, no país, no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) referente ao ano passado, segundo informações divulgadas nesta segunda-feira (3) pelo Ministério da Educação (MEC). Assista a reportagem completa com todos os dados no vídeo abaixo:

Bahia tem segundo pior resultado do país em avaliação do MEC
O Ideb é uma iniciativa do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) para mensurar o desempenho do sistema educacional brasileiro, a partir da combinação entre a proficiência obtida pelos estudantes em avaliações externas de larga escala (Saeb) e a taxa de aprovação - indicador que tem influência na eficiência do fluxo escolar.

De acordo com os dados, a Bahia ficou com 3,0 pontos no ensino médio - 1,3 abaixo da meta para o ano, que era de 4,3. Além disso, a nota foi um décimo menor que a do último levantamento, feito em 2015, quando o estado ficou com 3,1 pontos.

Os motivos apontados pelo estudo do MEC par…

Aberto Concurso para níveis fundamental, médio, superior. Salários até R$16.338,38

A Prefeitura de Rio Azul, estado do Paraná, anuncia uma retificação de um de seus dois novos Concursos Públicos, destinados ao preenchimento de vagas mais formação de cadastro reserva, para profissionais de níveis fundamental, médio e superior.
De acordo com o documento (retificação I), referente ao edital nº 01/2020, houve alteração nos requisitos para os cargos de Assistente Operacional, Auxiliar de Serviços Gerais, Mecânico, Mecânico Eletricista, Operador de Máquinas.
Em mudança anunciada anteriormente com relação ao edital nº 02/2020 (retificação I), a alteração foi referente ao valor da taxa de inscrição para o cargos de nível fundamental.
Os documentos completos estão disponíveis em nosso site para consulta.
Sendo assim, as vagas disponíveis para os certames são distribuídas das seguintes formas:
Edital nº 01/2020: Assistente Administrativo; Assistente Operacional, Assistente Social; Auxiliar de Serviços Gerais; Contador, Farmacêutico; Fisioterapeuta, Fonoaudiólogo, Mecânico; Mecâni…

Aberto em SP Concurso e Seleção para níveis médio e superior. Salários até R$ 8.257,62

A Prefeitura de Mogi das Cruzes,  localizado na Zona leste da Região Metropolitana de São Paulo, anunciou os editais do concurso público do Instituto de Previdência Municipal de Mogi das Cruzes (Iprem), para os cargos de auxiliar de apoio administrativo e contador, e de um processo seletivo interno da Secretaria Municipal de Educação para as funções de confiança de coordenador pedagógico e supervisor de ensino.

No concurso do Iprem, são vagas para auxiliar de apoio administrativo, sendo uma de ampla concorrência e uma para pessoa com deficiência. O cargo exige ensino médio completo e o salário é de R$ 3.064,73. A taxa de inscrição será de R$ 50,00.
Para contador, o concurso oferece uma vaga. O candidato deve ter curso superior completo em Contabilidade e registro no respectivo conselho. O salário é de R$ 6.518,88. O valor da inscrição será R$ 70,00.

No processo seletivo da Secretaria de Educação, são cinco vagas para coordenador pedagógico, sendo quatro para ampla concorrência e uma para…