Governo de SP abre 3000 vagas para cursos gratuitos a distância



Estão abertas as inscrições para o programa Novotec Virtual, a modalidade do programa Novotec, do Governo de São Paulo, na qual as aulas acontecem em plataforma EAD. 
Os cursos terão duração de 200 a 400 horas de duração e utilizarão a estrutura de ensino à distância da Universidade Virtual do Estado de São Paulo (UNIVESP), com conteúdo do Centro Paula Souza.
Os cursos contemplados são: Videomaker para Youtube, Técnicas de Vendas, Segurança Cibernética, Programação Básica para Android, Práticas de Gestão de Pessoas, Montagem e Manutenção de Computadores, Horticultor Orgânico, Gestão de Pequenos Negócios, Excel aplicado à área administrativa, Edição de Vídeos, Desenvolvimento de Jogos Digitais, Criação de Sites e Plataformas Digitais, Computação na Nuvem, Auxiliar em Organização de Dados, Auxiliar de Logística, Auxiliar de Atividades de Laboratório Químico.
Uma das propostas do Novotec é levar qualificação profissional para estudantes com um olhar mais focado na prática e no mercado de trabalho. 
Os professores são os mesmos das ETECs. Eles são do Centro Paula Souza.
Além da modalidade Virtual, o programa prevê outras três de curta-duração: Novotec Expresso, Novotec Móvel e o Novotec Integrado. Ao todo, serão mais de 30 mil vagas em 2019 nas quatro modalidades/.“Educação técnica sempre foi um dos pilaras de discussão a ser oferecido no Ensino Médio. Essa parceria da rede estadual com o Centro Paula Souza também ajudará a formar os nossos professores e a discussão do novo Currículo”, declarou o secretário de Estado da Educação, Rossieli Soares.
São oferecidas 3.000 vagas e o início das aulas está previsto para agosto.


INSCRIÇÕES

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado de São Paulo (SDE) e o Centro Paula Souza (CPS) abriram as inscrições até dia 7 de julho para os cursos de qualificação gratuitos do Programa Novotec Virtual.  Acesse aqui.

Sobre os cursos e Edital

Os cursos do Novotec Virtual servem como uma espécie de introdução e especialização numa área específica de atuação na sociedade. 

Os conteúdos trabalhados são mais dinâmicos e tentam dialogar com os jovens. “Os estudantes do Ensino Médio poderão ter uma aproximação maior com o mercado de trabalho. O Ensino Técnico muda vida e muitas vezes é mais importante que o ensino superior”, explica Patrícia Ellen, secretária de Estado de Desenvolvimento Econômico.

Os cursos utilizam a plataforma da Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp), com conteúdo elaborado pelo CPS e acompanhamento de um tutor. O início das aulas está previsto para o dia 5 de agosto. A carga horária é de 10 horas semanais, com duração de dois semestres, contabilizando um total de 400 horas.Consulte o edital
Há desde cursos sobre logística como cursos de produção de vídeo para YouTube, algo cada vez mais comum entre os jovens, como explica Laura Laganá, diretora-superintendente do Centro Paula Souza: “É fundamental ampliarmos a oportunidade do jovem no mundo do trabalho. Esse projeto também representa o protagonismo de São Paulo na implementação do novo modelo do Ensino Médio no país”.        





Comentários