Pular para o conteúdo principal

Professor cancela aula após aluna levar filha para a universidade




Uma aluna do curso de Ciências Ambientais, da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio), precisou voltar para casa com a filha de dois anos, após ter uma aula cancelada, na última semana.  

Tudo aconteceu após um professor alegar que estava incomodado com a criança. A jovem, de 25 anos, saiu da sala durante uma explicação para pedir à menina que fizesse silêncio e, quando voltou, foi avisada sobre a decisão do professor.

 "Eu respondi que tenho uma filha e preciso estudar", disse a estudante. 


Rebecca Moura, de 22 anos, aluna do 8º período de Ciências Ambientais da Unirio, foi à coordenação relatar o ocorrido e, segundo ela, o professor também foi ao local reclamar da jovem que estava com a criança. "Ele chegou lá falando alto. Disse que estava impossível dar aula porque tinha uma criança de dois anos chorando. Falou ainda que tinha uma aluna abusada e reclamou da resposta dela quando disse que era mãe e tinha que estudar", conta. A estudante diz que o professor cancelou a aula para evitar discutir com a mãe da bebê.

A jovem entrou na faculdade no primeiro semestre de 2015 e está no 6º período. Segundo ela, nunca houve objeções sobre a presença da filha em sala de aula. "Essa foi a primeira vez que tive problemas com um professor por levar a minha filha. Os outros sempre nos receberam muito bem", explica.

Por conta do ocorrido, a jovem decidiu abandonar a disciplina e substituir por outra matéria. 

A Unirio informou que o coordenador do curso foi informado verbalmente pela aluna sobre o caso e que foi orientada que para apuração do caso, ela deveria realizar uma denúncia formal, por escrito e que a universitária não realizou o procedimento. 

A Universidade destacou que apenas foi informada sobre o ocorrido pela estudante, sem acionamento por parte do professor. A instituição também esclareceu que desconhece a existência de qualquer restrição ao acesso de alunas e seus filhos às dependências da unidade.

Comentários

MAIS VISTAS

Inscrições abertas para processo seletivo com 16 mil vagas gratuitas

Até 14 de novembro, estão abertas as inscrições do processo seletivo para 16 mil vagas em turmas de licenciatura e de bacharelado ofertados pela Universidade dos Centros Educacionais Unificados (UniCEU). Esse é o maior processo seletivo em extensão territorial e número de vagas gratuitas.

Os cursos são gratuitos e começam no 1º semestre de 2020 e as aulas presenciais acontecem nos polos distribuídos em São Paulo.

Não há limite de idade e o custo da inscrição é de R$ 45,00. Para participar, basta ter concluído o ensino médio ou estar cursando, com a conclusão até o período da matrícula.

Serão oferecidos seis cursos, com duas áreas básicas de ingresso, via vestibular.

LICENCIATURA - Letras | Matemática | Pedagogia

BACHARELADO - Tecnologia da Informação | Ciência de Dados | Engenharia de Computação.

Para todos os polos há 70 vagas disponíveis e distribuídas entre as licenciaturas e bacharelados. 



As inscrições estarão abertas até o dia 14 de novembro, às 15h, e devem ser feitas pelo site http:/…

Sesi abre Processo Seletivo para Pedagogo. Salário de R$ 4.668,00

Estão abertas as inscrições do Processo Seletivo nº 34079, da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (FIEMG).

O valor da remuneração é de R$ 4.668,00, para jornada semanal de 40 horas. 

Requisito: formação superior completa em Pedagogia, sendo desejável pós-graduação na área da Educação Básica.

O cadastro do currículo pode ser feito até o dia 14 de outubro de 2019, pelo site: pessoas.fiemg.com.br.

Serão realizadas as seguintes etapas para classificação: Análise curricular, Prova teórica e redação, Avaliação de perfil, Dinâmica e Entrevista com o RH, Técnica e/ou Coletiva.

Atenção, pois esta oportunidade pode ser alterada a qualquer momento sem aviso prévio!.

Fonte:pessoas.fiemg.com.br

Seleção aberta para Professor de Ensino Fundamental. Salário de R$ 5000,00

Escola em São paulo tem Processo Seletivo aberto para Professor de Ensino Fundamental  ( 3º e 4º anos).

SOBRE A VAGA:
- Escola na Zona Sul de São Paulo
- Período integral 
- Salário: Em torno de 5 mil + benefícios ( VT, Assistência médica básica, assistência odontológica (opcional), seguro de vida, cesta básica.
- Início em 2020

NECESSÁRIO:
- Formação completa em Pedagogia com especialização ou pós em educação
- Experiência com alunos de inclusão
- Experiência mínima de 4 anos com o EF1/ 3º e 4º anos
InteressadosCLIQUE AQUI

Governo lança edital de seleção com mais de 3900 vagas para Professores.

O Ministério da Educação (MEC) lançou um novo edital para a seleção de 3920 vagas para professores. O ministro da Educação, Abraham Weintraub, participou do lançamento, que começou com 45 minutos de atraso. Para ele, as contratações melhorarão o desempenho dos estudantes. 

As vagas são oferecidas pelo programa Ciência é 10, cujo edital será lançado no dia 30 de setembro, pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

As vagas são voltadas, prioritariamente, a professores da educação básica, que vai desde a educação infantil ao ensino médio.

Para participar, os professores precisam atuar em sala de aula, lecionando ciências da natureza – química, física e biologia e áreas afins. O professor não precisa necessariamente ser formado nessas áreas. 


A seleção será feita por meio de prova e análise de currículo.

As inscrições para o processo seletivo começam na próxima segunda-feira (30/09/2019).

O programa Ciência é 10 foi lançado em abril deste ano pelo Ministério da E…