Pular para o conteúdo principal

Entenda o que é o Fundeb e por que ele está causando tanta polêmica.




O Congresso discute renovação do fundo da educação básica, que termina neste ano. Em 2019, despesas com educação recuaram pelo terceiro ano seguido, segundo dados do Tesouro. A existência do fundo, que recebe aportes obrigatórios de municípios, estados, Distrito Federal e União, é uma forma de garantir que o governo destinará certa quantidade mínima de recursos para a educação básica. 

Além disso, o Fundeb tem como objetivo diminuir as disparidades da qualidade da educação pelo país. Seus recursos são distribuídos de tal forma que o investimento por aluno em cada município ou estado nunca seja inferior a um valor mínimo fixado para cada ano. O Fundeb ganhou uma importância histórica no Brasil por ter ajudado a universalizar a educação no país, junto com seu antecessor, o Fundef (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério), implementado em 1998.

Em um momento no qual o Congresso Nacional discute a renovação do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), os números oficiais mostram que as despesas do governo com educação vêm registrando queda nos últimos anos.

A União atua, principalmente, no ensino superior. Os estados brasileiros, por sua vez, são responsáveis, em parceria com os municípios, por ações no ensino fundamental e médio. Além da arrecadação própria, os estados e municípios também recebem repasses de recursos do governo federal.

O debate envolve cifras grandiosas: em 2020, o Fundeb vai destinar R$ 168 bilhões em recursos para as instituições públicas de educação básica no Brasil. O termo “educação básica” engloba tanto a educação infantil como os ensinos fundamental e médio.

O que está em jogo nesta semana é uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) de relatoria da deputada Professora Dorinha (DEM-TO), que pode, entre outras coisas, dar estatura constitucional ao Fundeb e aumentar a participação da União no repasse de recursos ao fundo.

Há também outra possibilidade, motivo de bastante polêmica nos últimos dias: a de que o Fundeb seja paralisado, e que, no próximo ano, a forma de destinar recursos à educação pública seja definida pelos estados e municípios sem o intermédio de um fundo.

A existência do fundo, que recebe aportes obrigatórios de municípios, estados, Distrito Federal e União, é uma forma de garantir que o governo destinará certa quantidade mínima de recursos para a educação básica. Além disso, o Fundeb tem como objetivo diminuir as disparidades da qualidade da educação pelo país. Seus recursos são distribuídos de tal forma que o investimento por aluno em cada município ou estado nunca seja inferior a um valor mínimo fixado para cada ano.

O governo quer limitar a 70% o percentual do fundo destinado ao pagamento dos profissionais da educação básica. O texto na Câmara trata 70% como o percentual mínimo.

A contraproposta do governo permite ainda que estados e municípios usem dinheiro do Fundeb para pagar aposentadorias e pensões, o que é vedado pelo texto da relatora.

A proposta do governo prevê que, dos dez pontos percentuais de aumento na participação da União, metade vá para "transferência direta de renda para famílias com crianças em idade escolar que se encontrem em situação de pobreza ou extrema pobreza". A intenção é que os recursos venham a compor o Renda Brasil, programa que deve substituir o Bolsa Família. A proposta na Câmara não prevê dinheiro para esse tipo de assistência.

Ao contrário dos gastos discricionários, os repasses do governo federal para o Fundeb não estão dentro da regra do teto de gastos — fazem parte das exceções fixadas em lei. Com isso, não sofrem essas restrições e podem ter um aumento maior.

Mas o fundo não é uma unanimidade. Seus críticos costumam apontar que os seus recursos são mal aplicados, e que a universalização da educação foi conquistada em detrimento da qualidade do ensino.

Comentários

MAIS VISTAS

Enem 2020 tem inscrições abertas para os candidatos que desejam trabalhar

Já estão abertas as inscrições para os candidatos que desejam trabalhar no Enem 2020. Com tamanha proporção alcançada pelo Exame nos últimos anos, torna-se cada vez mais necessária a seleção de pessoas que auxiliem na aplicação das provas. 
São diversos os cargos de fiscais do Enem 2020: 
assistentes de aplicação; chefes de sala; aplicadores; aplicadores volantes (fiscais de corredores); fiscais de banheiro.
Os chefes de sala são os maiores responsáveis pela organização geral do local de prova do Enem 2020, fiscalizando o ambiente como um todo. Ledores, intérpretes de libras e aplicadores são aqueles que trabalham exclusivamente dentro de sala de aula. Fiscais de banheiro e pessoal de apoio são responsáveis pela organização dos ambientes externos às salas.
INSCRIÇÕES
Interessados devem entrar no site https://exames.enem.fgv.br/ para fazer a inscrição para trabalhar no Enem 2020. Depois disso, é só clicar em “cadastro de colaboradores e financeiro” ou entre diretamente no site https://exames.en…

Instituto abre Seleção para Professores (Prova Online). Salários de R$ 2.236,32 a R$ 5.831,21

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP) divulgou um edital de retificação do Processo Seletivo destinado ao preenchimento de vagas para professores substitutos, ao ano letivo de 2020, em diversos campi.
Aos profissionais que forem admitidos, a remuneração atribuída será entre os valores de R$ 2.236,32 a R$ 5.831,21 com a carga horária de trabalho de 20 a 40 horas semanais.
As inscrições devem ser realizadas no período de 22 a 31 de julho de 2020, exclusivamente por meio do endereço eletrônico específico do IFSP, mediante ao pagamento da taxa de R$ 40,00.
Cabe dizer que é possível solicitar a dispensa do pagamento e, de acordo com o documento, o candidato que estiver inscrito e ativo no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal- Cadúnico para requerer a isenção do valor, seguindo as orientações estabelecidas no edital.
Já como método de classificação, os concorrentes serão submetidos à prova de desempenho didático-pedagógico, avaliação de ex…

Concurso em SP tem inscrições reabertas para diversos cargos. Salários até R$3.461,95

No estado de São Paulo, a Prefeitura de Jandira, por meio do Instituto Consulpam, anuncia a reabertura das inscrições referentes ao Concurso Público destinado a contratação de servidores em caráter permanente. Segundo o documento (retificação II), houve a medida é em razão da pandemia causada pelo novo coronavírus (Covid-19).
Os interessados agora pode se inscrever a partir do dia 8 de julho até o dia 8 de agosto, por meio do site doInstituto Consulpam, mediante pagamento de taxa que varia entre R$ 15,00 e R$ 50,00.
A data da prova objetiva também foi alterada e agora tem previsão de ser aplicada em 11 de outubro. Para ter acesso ao comunicado completo em relação às alterações, acesse o documento na íntegra em nosso site.
Oportunidades Há vagas disponíveis entre as seguintes funções: Ajudante Geral; Coveiro; Pintor; Pedreiro; Operador de Máquina Pesada; Eletricista Predial; Motorista de Ambulância Motorista de Ônibus Escolar;Mecânico de Automóveis; Auxiliar de Limpeza; Encanador; Jardine…

Aberto três Concursos Públicos para Professores de diversas áreas.

A partir desta segunda-feira (13), podem ser realizadas as inscrições de três novos Concursos Públicos da Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" (Unesp) que, juntos, têm como objetivo a contratação, por prazo determinado, de professores substitutos.
Quando contratados, os profissionais deverão desempenhar atividades nos Departamentos, em carga horária de 12 horas semanais, com salário mensal no valor de R$ 1.331,82.
Para participar, os interessados devem realizar as inscrições até o dia 31 de julho de 2020, mediante preenchimento do formulário eletrônico no site daUnesp
Nesta etapa, os participantes devem efetuar o pagamento da taxa de participação no valor de R$ 102,00. O candidato que tiver interesse na redução da taxa de inscrição deverá se inscrever nos dois primeiros dias do período de inscrição, conforme as exigências descritas nos editais.
DOCUMENTOSEDITAL DE ABERTURA Nº 48/2020EDITAL DE ABERTURA Nº 49/2020EDITAL DE ABERTURA Nº 50/2020
A classificação …