Pular para o conteúdo principal

Entenda por que ser professor é muito estressante e prejudicial à saúde




Todo mundo sabe que o ensino é um dos trabalhos mais estressantes que existe.  É a natureza emocionalmente intensiva da atividade. O ensino não é apenas um trabalho, mas um estilo de vida, você não pode simplesmente deixar a sua vida no trabalho e ir para casa como se nada tivesse acontecido, não há uma separação entre trabalho e vida privada. Por isso é uma das profissões que mais causam depressão e colapsos nervosos.

Mas o que faz essa profissão ser tão estressante? Existem algumas causas óbvias para o estresse do professor. Talvez a mais gritante seja o monte de alunos se comportando mal. Nestes dias, é muito comum que um único professor esteja no comando de uma classe com 35 a 50 alunos, muitos dos quais sem a menor noção de respeito ou limites comportamentais.

O estresse do professor também é causado, em parte, pelo estresse social, que surge em profissionais que são obrigados a lidar com muitas pessoas ao mesmo tempo. "Quando estamos lidando com um público grande é difícil relaxar e ser você mesmo, porque o profissional está sob observação e todos vão querer um trabalho sem erros", comentou um professor do ensino médio.

É uma profissão que sofre com a violência física e verbal.  A pesquisadora Rosemeyre de Oliveira, da PUC-SP, atribui a violência nas escolas à impunidade dos estudantes. “O aluno que agride o professor sabe que vai ser aprovado. Pode ser transferido de colégio - às vezes é apenas suspenso por oito dias”, diz. “Os regimentos escolares não costumam sequer prever esse tipo de crime. Aí, quando ele ocorre, nada acontece.”


Além disso, são sempre responsabilizados por coisas sobre as quais não têm controle. Por exemplo, nós não culpamos a polícia pelo aumento dos crimes em um determinado local. Já em uma escola, se uma turma vai bem o credito é todo da instituição, mas se vai mau, todo o problema recaí sobre o professor, que não ensina direito ou não tem um bom controle de turma. Um outro agravante é o fato dos professores não se sentirem respeitados e valorizados na sociedade. Precisam trabalhar duas ou três vezes mais que as outras profissões com ensino superior para ganhar o mesmo nível de remuneração.

E qual é o risco para saúde? O estado estressante pode facilitar, agravar ou desencadear diversas doenças: hipertensão arterial , obesidade, dores musculares, dificuldade de concentração, depressão, ansiedade, diminuição da libido, entre outras. Além de doenças autoimunes e até câncer.

No caso do professor essas situações se agravam devido ao fato de terem de lidar com esses problemas diariamente. Sir Cary Cooper, professor de psicologia organizacional e saúde da Universidade da escola de negócios de Manchester, disse que a profissão está sempre classificada regularmente entre os trabalhos mais estressantes. "De todas as ocupações que eu estudei, e isso é cerca de 80, os professores estão sempre entre as três primeiras com os  profissionais mais estressados", disse ele. "As horas são longas e são desvalorizados socialmente, a carga de trabalho é pesada e costumam ser sempre prejudicados por causa de mudanças de governos locais e federais."


Comentários

  1. "Se uma turma vai bom ou se vai mau" ou "se vai bem ou se vai mal"? O mal deveria ser com L.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você entendeu e o que basta diante de um texto rico e significativo. O importante e o estudo aplicado nas intenções do que passamos numa escola. Pronto falei!

      Excluir
  2. Recaí - eu recaí (pretérito perfeito); recai - ele/ela/isso recai (presente).

    ResponderExcluir
  3. Aí pessoal, vejam a essência da matéria. Parem de corrigir o tempo todo .

    ResponderExcluir
  4. O pior é que os alunos são sempre os donos da razão. Independente do que você faça ou diga, o que vale é a interpretação dos alunos e não o que você diga ou pense. Isso seja no âmbito pessoal ou até mesmo da disciplina em si.

    ResponderExcluir
  5. Se o menino chinga a mãe do colega, se a aluna não traz o trabalho, se o garoto odeia matemática, se a menina se maquia na hora da aula, se o IDEB cai abaixo da meta; o grito é um só.

    Crucifiquem os professores!!!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

MAIS VISTAS

Aberto Concurso para Professor e Pedagogo. Salários de R$ 2.388,62 a R$ 4.865,76

Aberto concurso público para Prefeitura Municipal de São José dos Pinhais – PR, para o cargo de Professor e Pedagogo.

A jornada de trabalho será de 20h a 40h semanais, com salários entre R$ 2.388,62 a R$ 4.865,76.

Para concorrer as vagas o candidato deve possuir nível superior.

As inscrições serão realizadas no site doNosso Rumo, no período de 15 de julho de 2019 a 18 de agosto de 2019. 

A taxa de inscrição é de R$ 60,00.

A prova está prevista para ser realizada no dia 29 de setembro de 2019, na cidade de Curitiba.

Assuntos da Prova
- Língua Portuguesa
- Matemática
- Conhecimentos Gerais
- Conhecimentos Específicos
Veja o EDITAL e as apostilas para começar os estudos AQUI.

A validade deste Concurso é de dois anos, mas ele pode ser prorrogado por igual período. 


Aberto Processo Seletivo para Professores em São Paulo.

A Escola Técnica Estadual (Etec) abriu Processo Seletivo para Professores em São Paulo. A remuneração tem valor de R$ 18,35 hora-aula.

Os docentes atuarão em São Paulo - SP nas disciplinas de:
Língua Portuguesa e Literatura,
Educação Física;
Matemática,
História;
Sociologia;
Filosofia,
Física,
Química,
Artes;
Biologia;
Língua Estrangeira Moderna - Inglês,
Geografia,
e Sociologia.

E nas disciplinas de Movimentação, Expedição e Distribuição; Gestão da Cadeia de Abastecimento; Tecnologia da Informação/ Tecnologia da Informação Aplicada à Logística e Custos Logísticos (Essas disciplinas tem inscrição é até dia 26/08).

As inscrições são recebidas até o dia 28 de agosto, às 9h30, na Etec que fica na Rua Alcântara, nº 113, Vila Maria, São Paulo - SP.

Outras Disciplinas:
CARAPICUÍBA 
Língua Estrangeira Moderna – Espanhol
Inscrições: Av. Francisco Pignatari, 650 - Vila Gustavo Correia, Carapicuíba - SP, 06310-390

ITAPETININGA
Aplicativos Informatizados, Física, Quinica,  Gestão Ambiental, Matemática e  Saúde e …

Sesi abre Processo Seletivo para Professores. Salário de R$ 31,46 hora/aula.

A Federação de Indústrias do Estado de Minas Gerais (FIEMG) anuncia as inscrições do Processo Seletivo para profissionais da área da educação.

Cargos:
Pedagogo(Professor Ensino Fundamental Anos Iniciais ou Ed. Infantil), Professor de Português, Professor de Arte, Professor de História, Professor de Matemática, Professor de Biologia/Ciências, Professor de Física, Professor de Química, Professor de Espanhol, Professor de Geografia e Professor de Inglês.

Salários e Benefícios

R$ 31,46 hora/aula. 17h/semanais. 
VA ou VR (R$23,00 dia/trabalhado), plano de saúde, plano odontológico, seguro de vida, previdência privada e vale-transporte.


Inscrições até o dia 25/07/2019. Algumas disciplinas podem ter prazo diferente de inscrição.

Editais e inscrições no site da FIEMG - AQUI

Descrição das atividades
Ministrar aulas para cursos de modalidades diversas, de um ou mais conteúdos curriculares existentes nas entidades do Sistema Fiemg e onde seja habilitado. Garantir o conteúdo e a metodologia de ensino das…

Aberto Concurso em SP na área da Educação. Salários até R$ 2.337,16.

APrefeitura de Taboão da Serra, na Região Metropolitana de São Paulo, através do Instituto Zambini anunciou um novo concurso público com vagas para cargos de níveis fundamental, médio e superior na Secretaria municipal da Educação.

Das vagas, 50 são destinadas para quem tem escolaridade de ensino fundamental como assistente de desenvolvimento escolar, e 50 vagas para auxiliar de classe, com ensino médio completo. Tem também 50 vagas para nível superior com licenciatura plena em Pedagogia para professor de desenvolvimento infantil.
As oportunidades são para: Auxiliar de Classe;
Assistente de Desenvolvimento Escolar; Professor de Desenvolvimento Infantil; Professor de Educação Básica II - Geografia;  Professor de Educação Básica II - História;  Professor de Educação Básica II - Ciências;  Professor de Educação Básica II - Informática;  Professor de Educação Básica II - Educação Especial;  e Professor de Educação Básica II - Intérprete de LIBRAS.


Os servidores aprovados serão remunerados com vencime…