Pular para o conteúdo principal

Professora é agredida após chamar atenção de estudante na aula

Professora diz ter sido agredida por aluna após chamar atenção em sala de aula em Ribeirão Preto — Foto: Reprodução/EPTV


Uma professora foi agredida na noite de quarta-feira  na Escola Estadual Dr. Thomaz Alberto Whately, em Ribeirão Preto (SP), depois de chamar a atenção de um aluno.

O jovem apontado pelas agressões é um estudante de 17 anos que, segundo ela, tinha sido advertido sobre o desinteresse pela aula quando ela se recusou a dar um visto em seu caderno de atividades.

A docente, que prefere não ser identificada, afirma que chegou a desmaiar após levar um chute na perna e um soco no rosto.

Segundo a Diretoria Regional de Ensino, o aluno e a professora foram levados à delegacia, onde foi registrada a ocorrência. A entidade repudiou o ato de violência e informou que medidas disciplinares contra o estudante estão sendo avaliadas.

A vítima conta que as aulas do período noturno na escola localizada nos Campos Elíseos estavam próximas do fim quando o aluno pediu para ela dar um visto em seu caderno.

"Foi um aluno que durante a aula inteira eu vim chamando atenção. Ele estava atrapalhando o rendimento da aula, não produziu nada e eu falei que não ia vistar o caderno dele", conta.
Em seguida, relata que o jovem se irritou e que foi xingada por ele. "Pedi para que ele se encaminhasse até a direção da escola pelo desacato, ele saiu batendo a porta da sala."


A professora afirma que saiu da sala atrás do aluno pelo corredor, momento em que ele a desafiou, segundo ela. "Chegando próximo à sala dos professores, eu estava atrás dele, ele estava na minha frente esse aluno voltou-se contra mim, veio me peitando."

Um inspetor de alunos viu a situação e tentou intervir, mas não conseguiu evitar que o aluno agredisse a professora, conta a docente.

"Num momento de reação, empurrei ele pra se afastar de mim, o inspetor de alunos já veio pra separar que viu que algo pior poderia acontecer, mas não deu tempo, o aluno veio já com primeiro ele me deu um chute na perna e depois um soco no rosto. Nisso eu vim a cair no chão já desacordada", lembra.

Na tarde desta quinta-feira (1º), a professora fez exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML). A sensação depois de ter sofrido a agressão é de impotência, afirma.

"Nunca tinha passado por essa agressão física, a gente sabe que isso é muito comum, a gente vê entrevistas, vê notícias, na escola que dou aula já aconteceu algumas vezes, mas agressão verbal."

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Governo lança edital para trabalhar no Enem 2019. Até R$ 342,00 por dia!

Já pensou em trabalhar como Fiscal ENEM 2019 e ganhar um dinheirinho extra com essas provas? O Governo Federal, através do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), divulgou o edital com informações sobre a inscrição para trabalhar no Enem 2019.

O Exame Nacional do Ensino Médio ou ENEM é um dos certames mais esperados e concorridos do país. Muitos candidatos, principalmente que está concluindo o Ensino Médio se preparam durante todo o ano para fazer essas provas.

As funções principais de um fiscal de prova do ENEM são basicamente manter a ordem dentro da sala em que essas provas serão aplicadas.

Ter atenção total de todas as ações dos candidatos, assim como manter a responsabilidade de todos os atos são fundamentais para exercer essa função.

Ao exercer essa função no dia da prova é preciso que o fiscal tenha em mente que ele é a única autoridade dentro da sala de aula.


REQUISITOS E REMUNERAÇÃO

Existem algumas exigências obrigatórias para quem quer ser Fi…

Instituto Federal abre concurso para níveis Médio e Superior. Salários de R$ 2.446,96 a R$ 9.600,92

O Instituto Federal Baiano (IFBA) faz saber aos interessados a abertura de novo edital de concurso público para o preenchimento de vagas em cargos de Professor de Ensino Básico, Técnico e Tecnológico e Técnico-Administrativos em Educação. As oportunidades são para candidatos de ensino médio, médio/técnico e superior.

As oportunidades do Primeiro edital são para as áreas de: Pedagogia, Letras/ Libras; Matemática; Arte; Biologia; Filosofia; Física; Geografia; Química; Administração; Agrimensura; Agroindústria; Agronomia; Informática; Ed. Física; Nutrição; Sociologia e Zootecnia. A carga horária a ser cumprida é de 40 horas semanais e o salário base ofertado varia de R$ 4.463,93 a R$ 9.600,92, já acrescido de Retribuição por Titulação, mais R$ 458,00 de auxílio-alimentação, além de outros benefícios.

O segundo edital tem vagas para Assistente em Administração, Contador, Jornalista, Odontólogo, Pedagogo, Técnico em Assuntos Educacionais, Administrador, Técnico de Laboratório/Biologia, Téc…

Prefeitura de Goiânia abre Processo Seletivo com mais de 460 vagas para todos os níveis de escolaridade.

A Prefeitura de Goiânia, Estado de Goiás anuncia as inscrições do Processo Seletivo com 468 vagas de nível fundamental, médio e superior, para atuação na Secretaria Municipal de Educação e Esporte.

São vagas para Auxiliar de Atividades Educativas (70); Assistente Administrativo Educacional (20); Agente de Apoio Educacional (70); e PE - II nas áreas de Matemática (25), Música/ Instrumento Musical - Trompete (2), Música/ Instrumento Musical - Trombone (2), Música/ Instrumento Musical - Percussão (2), Arte - Música/ Educação Musical (2), Arte- Teatro/ Artes Cênicas (2), Arte - Dança (2), Português (25), História (20), Geografia (20), Ciências (20), Pedagogia (80), Inglês (25), Educação Física (50), Arte- Artes Visuais (10), Interprete de Libras (20) e Professor de Libras (1).

Acesse o Edital AQUI

Os contratados cumprirão carga horária de 30h semanais, exceto o cargo de PE - II que vai de 30 a 60 horas-aula semanais. A remuneração varia de R$ 961,72 a R$ 2.298,47.

As inscrições devem ser r…

CURTA NOSSA PÁGINA !!!