Pular para o conteúdo principal

Secretário de Doria diz que 2,5 milhões de alunos de SP podem perder aula por falta de professor



Em coletiva, governador João Doria e secretários de Estado.


O secretário da educação de São Paulo Rossieli Soares da Silva disse nesta quarta-feira (2) que 2,5 milhões de alunos podem ficar sem aula por falta de professores e que não há contratos para entrega de kits escolares e material pedagógico para os alunos.
Rossieli deu sua primeira entrevista no cargo em coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes ao lado de João Doria, do vice Rodrigo Garcia, do secretário da fazenda Henrique Meireles e do secretário de segurança pública General Campos.

Rossieli disse que "temos um prejuízo gigantesco na educação para o início do ano letivo" e que "estamos encontrando uma tragédia na educação (do estado)".

De acordo com o secretário, a falta de professores acontece por causa da proibição da contratação de novos professores temporários pela Justiça de São Paulo no ano passado.

"Nós temos hoje 8.500 professores que não podem ser repostos como temporários, podendo trazer um prejuizo imediato para 60 mil alunos do 1° ao 5° ano, em alguns municípios como Mogi Mirim podemos ficar com até 50% dos alunos sem aula, o que é uma tragédia para a educação".


Sem kit escolar e material pedagógico

De acordo com Rossieli, a preocupação do governo é a organização para o início do ano letivo em fevereiro, mas não há garantia de que os alunos receberão o kit escolar e o material pedagógico.

Segundo o secretário, não há contrato para entrega de material escolar com caderno, lápis e caderno para os alunos e não haverá tempo para impressão do material pedagógico de apoio aos alunos.

"Nossa preocupação é muito grande porque não tivemos pelo governo anterior assinado contrato por exemplo para aquisição de material didático. Não temos como garantir, não temos contrato de aquisição de caderno, caneta, lápis, ou seja, o kit fundamental para o aluno começar o ano letivo", disse o secretário.

Por meio de nota assinada pelo ex-secretário de Educação da gestão Márcio França (PSB), João Coury Neto (PSDB), informou que houve assinatura de contrato e que a distribuição do material deve começar em janeiro.

"As empresas que disputaram a licitação para fornecimento do material brigaram na Justiça por 92 dias. Mesmo assim, o contrato foi assinado e o fornecimento do material começa em janeiro e deve estar concluído em 30 ou 40 dias". 
Fonte: g1.globo.com/sp

Comentários

MAIS VISTAS

Ensino médio da Bahia fica em último lugar em avaliação do MEC

Oensino médio da Bahia ficou em último lugar, no país, no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) referente ao ano passado, segundo informações divulgadas nesta segunda-feira (3) pelo Ministério da Educação (MEC). Assista a reportagem completa com todos os dados no vídeo abaixo:

Bahia tem segundo pior resultado do país em avaliação do MEC
O Ideb é uma iniciativa do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) para mensurar o desempenho do sistema educacional brasileiro, a partir da combinação entre a proficiência obtida pelos estudantes em avaliações externas de larga escala (Saeb) e a taxa de aprovação - indicador que tem influência na eficiência do fluxo escolar.

De acordo com os dados, a Bahia ficou com 3,0 pontos no ensino médio - 1,3 abaixo da meta para o ano, que era de 4,3. Além disso, a nota foi um décimo menor que a do último levantamento, feito em 2015, quando o estado ficou com 3,1 pontos.

Os motivos apontados pelo estudo do MEC par…

Inscrições abertas para Processo Seletivo. Salários até R$ 2.886,15

 A Prefeitura Municipal de Paula Freitas, no Paraná, abriu inscrições de processo seletivo simplificado que tem por objetivo a contração de profissionais em cargos de níveis médio, técnico, magistério e superior.

As vagas destinadas são para os cargos:

Educador Infantil;
Cuidador – Casa Lar;
Auxiliar de cuidador;
Técnico em Enfermagem;
Assistente Social;
Professor Séries Iniciais;
Motorista;
Enfermeiro;
e Psicólogo.


Os salários oferecidos variam entre R$ 1.835,83 e R$ 2.886,15, por carga horária de 20 e 40 horas semanais.

INSCRIÇÃO

Os interessados em concorrer a uma das vagas poderão se inscrever até às 16h do dia 20 de maio de 2020, na Secretaria Municipal de Educação, Veja o Edital 

PROVAS
O processo seletivo contará com apenas análise de currículos e experiência. A seleção é válido por 12 meses, a contar da data de homologação do resultado final, prazo este que poderá ser prorrogado uma vez, por igual período, a critério da administração municipal.

Acesse o edital AQUI (pag 383 a 393)

Informações d…

Estado abre Concurso com 130 vagas para Aluno-Oficial. Salário de R$ 3.268,33

Foi publicado no Diário Oficial o novo edital de concurso público para Polícia Militar do Estado de São Paulo (Concurso PM SP 2020).

O certame é para o cargo de  aluno-oficial, cargo de nível médio. Serão oferecidas, ao todo, 130 vagas.

Os salários vão chegar a R$ 3.268,33, distribuído da seguinte forma:
padrão no valor de R$ 1.262,23 (mil, duzentos e sessenta e dois reais e vinte e três centavos), Regime Especial de Trabalho Policial (RETP); valor de R$ 1.262,23 (mil, duzentos e sessenta e dois reais e vinte e três centavos) e insalubridade, valor de R$ 743,87 (setecentos e quarenta e três reais e oitenta e sete centavos).
A inscrição para o Concurso PM SP pode ser realizada pelo endereço eletrônico https://fgvprojetos.fgv.br/concursos/pmesp2020 no período das 10h00 de 15 de abril de 2020 às 23h59 de 15 de maio de 2020, mediante pagamento de taxa de inscrição no valor de R$ 130,00.

Acesse o edital AQUI
A Prova Objetiva (Parte I), constará de 80 (oitenta) questões de múltipla escolha com cinc…

Aberto em SP Concurso e Seleção para níveis médio e superior. Salários até R$ 8.257,62

A Prefeitura de Mogi das Cruzes,  localizado na Zona leste da Região Metropolitana de São Paulo, anunciou os editais do concurso público do Instituto de Previdência Municipal de Mogi das Cruzes (Iprem), para os cargos de auxiliar de apoio administrativo e contador, e de um processo seletivo interno da Secretaria Municipal de Educação para as funções de confiança de coordenador pedagógico e supervisor de ensino.

No concurso do Iprem, são vagas para auxiliar de apoio administrativo, sendo uma de ampla concorrência e uma para pessoa com deficiência. O cargo exige ensino médio completo e o salário é de R$ 3.064,73. A taxa de inscrição será de R$ 50,00.
Para contador, o concurso oferece uma vaga. O candidato deve ter curso superior completo em Contabilidade e registro no respectivo conselho. O salário é de R$ 6.518,88. O valor da inscrição será R$ 70,00.

No processo seletivo da Secretaria de Educação, são cinco vagas para coordenador pedagógico, sendo quatro para ampla concorrência e uma para…